O Brasil e a Proteção da Camada de Ozônio: uma parceria bem-sucedida entre governo, setor produtivo e sociedade.

Sobre a Camada de Ozônio

O ozônio (O3) é um dos gases que compõe a atmosfera e cerca de 90% de suas moléculas se concentram entre 20 e 35 km de altitude, região estratosférica denominada Camada de Ozônio.

Na estratosfera, o ozônio é criado quando a radiação ultravioleta, de origem solar, interage com a molécula de oxigênio, quebrando-a em dois átomos de oxigênio (O). O átomo de oxigênio liberado une-se a uma molécula de oxigênio (O2), formando assim o ozônio (O3).

camada de ozonio

Mecanismo da reação de formação do ozônio.

Na região estratosférica, 90% da radiação ultravioleta do tipo B (UV-B) é absorvida pelo ozônio. Nos seres humanos, a exposição a essa radiação está associada aos riscos de danos à visão, ao envelhecimento precoce, à supressão do sistema imunológico e ao desenvolvimento do câncer de pele. Os animais também sofrem as consequências do aumento da radiação. Os raios ultravioletas prejudicam os estágios iniciais do desenvolvimento de peixes, camarões, caranguejos e outras formas de vida aquáticas e reduz a produtividade do fitoplâncton, base da cadeia alimentar aquática, provocando desequilíbrios ambientais.

 

Doador

logo 01

Agências Implementadoras

logo 02 logo 03

Agência Implementadora Líder

logo 04

Fiscalização e Controle

logo 05

Coordenação

logo mma eleitoral

Protocolo de Montreal

Links

Acessibilidade

Alto Contraste
A-
A
A+

2017 © Todos os direitos reservados.