Multimídia
VÍDEOS
FOTOS



Voltar à página anterior
Em que são utilizadas essas substâncias?

O clorofluorcarbono (CFC) é a principal substância destruidora da Camada de Ozônio. Foi amplamente utilizado entre as décadas de 80 e 90 na indústria de produtos e serviços, como a de refrigeração. O consumo do gás foi banido em 2010. Existem diferentes derivados do composto (CFC-11, o CFC-12, o CFC-113 e CFC-114), todos com funções especificas. O CFC-11, por exemplo, era usado na manufatura de espuma, em aerossóis e em bombinhas para asma. Já o CFC-12 serviu como esterilizantes e fluidos refrigerantes para geladeiras e ar condicionado.

O hidroclorofluorcarbono (HCFC) foi desenvolvido como alternativa de mercado para substituir o uso dos CFCs. Com composição mais branda, apresenta menor potencial de destruição da Camada de Ozônio, e, por isso, seu uso foi ampliado. Ele é usado como fluido para extintores de incêndio, na fabricação de embalagens térmicas, em limpeza de circuitos, entre outros. Apesar de ser menos nocivo à Camada de Ozônio, pesquisam recentes demonstraram que a substância contribui para o aquecimento global. Assim, a eliminação do uso do HCFC deve ocorrer até 2040.

O brometo de metila (BR) é um agrotóxico gasoso utilizado como desinfetante de solos para cultivos e exterminador de pragas (insetos, fungos, bactérias e ervas daninhas). O produto é extremamente tóxico e prejudicial à saúde.

O óxido de nitrogênio (NO) é liberado na atmosfera por meio de atividades humanas. É emitido por veículos motorizados, aviões, centrais termoelétricas, fábricas de fertilizantes, de explosivos ou de ácido nítrico, incineradores e provenientes das queimadas.



Compartilhe Imprimir

Parceiros


Multimídia Multimídia Multimídia Multimídia Multimídia
© 2011 Protocolo de Montreal - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por:
Desenvolvido por Interagi Tecnologia