Multimídia
VÍDEOS
FOTOS



Voltar à página anterior
Fundo Multilateral finaliza missão de avaliação no Brasil com visita a três regiões do país e apontamentos positivos ao projeto

 

 

 Confira a galeria de imagens no Flickr.
 

Para avaliar os resultados do Projeto demonstrativo para o gerenciamento de chillers, coordenado pelo Ministério do Meio Ambiente (MMA) e implementado pelo PNUD, a oficial de monitoramento do Fundo Multilateral (FML), Angelica Domato, e a consultora do FML especialista no setor de chiller, Marta Comte, estiveram em Brasília, Cuiabá e São Paulo entre 8 e 12 de maio. As avaliadoras visitaram os locais de atuação do projeto e entrevistaram os parceiros de implementação da iniciativa.

“Essa avaliação consiste em um processo muito longo, que começou há anos com a análise dos documentos do projeto pelo Fundo. Agora, acreditamos que há resultados para visitar e avaliar em campo”, afirmou Angelica Domato.


“Este projeto é demonstrativo, então, ele deve servir de exemplo ou de lições aprendidas para outros projetos”, afirmou a gerente de proteção da camada de ozônio do MMA, Magna Luduvice.


“Com a implementação desse projeto, capacitamos cerca de 500 especialistas com seminários e cursos técnicos”, explicou o analista ambiental do MMA, Frank Amorim.


A iniciativa também realizou quatro estudos de retrocomissionamento, sendo dois em edifícios públicos, em Cuiabá e Fortaleza, e dois em edifícios privados, em São Paulo. O objetivo foi apontar como essas edificações podem otimizar o sistema de água gelada, que incluem os equipamentos de chillers, trazendo maior eficiência energética e conforto aos usuários, com foco na substituição das substâncias que destroem a camada de ozônio – CFCs e HCFCs – presentes em muitos desses equipamentos.


O síndico das duas edificações de São Paulo, Rogério Melo, afirmou que, em um dos prédios, grande parte das mudanças apontadas pelo relatório de retrocomissionamento já foram realizadas e o restante está em fase de implementação. Já no segundo edifício, “pretendemos iniciar em breve as melhorias apontadas pelo estudo”, complementou o síndico.


“O projeto permitiu uma avaliação do sistema de água gelada das edificações por meio do estudo de retrocomissionamento. Verificar que um dos edifícios está realizando as melhorias e adequações necessárias apontadas por esse estudo, com resultados positivos, é muito gratificante e nos permite avaliar os resultados concretos desse projeto”, apontou a gerente interina da unidade de implementação e monitoramento do Protocolo de Montreal do PNUD, Ana Paula Leal.


A expectativa é que o retrocomissionamento também seja implementado nos edifícios de Cuiabá e Fortaleza.  Esses prédios, contudo, estão submetidos a um processo burocrático e orçamentário que demanda mais tempo para a solicitação de investimentos para a implementação do projeto. “O setor público apresenta dificuldades de contratos, o que acaba agravando a qualidade da manutenção dos chillers, caso isso envolva uma questão orçamentária não prevista no orçamento”, explicou Magna Luduvice.


Os processos de retrocomissionamento não estavam no desenho original do projeto, que precisou ser rediscutido para atualizá-lo e enquadrá-lo na realidade brasileira. “Apesar de o projeto ter passado por essa readequação, percebemos que isso foi apropriado”, completou a oficial de monitoramento do Fundo.


“O projeto se mostrou atraente com o seu novo objetivo, com lições muito interessantes, que é justamente a ideia quando se prepara um projeto demonstrativo”, concluiu Marta Comte.


 

 

 

 



Compartilhe Imprimir
Veja mais

   Brasil avança na execução de projeto demonstrativo que avalia mecanismos para destinação adequada de substâncias que destroem a camada de ozônio
   Especialistas se reúnem em São Paulo para aprofundar conhecimento sobre a ciência da formulação de poliol e debater alternativas às substâncias destruidoras da camada de ozônio no setor de espumas de poliuretano
   Fundo Multilateral finaliza missão de avaliação no Brasil com visita a três regiões do país e apontamentos positivos ao projeto
   Brasil recebe representes do Fundo Multilateral para avaliar implementação de projeto do Protocolo de Montreal com foco na substituição de equipamentos contendo substâncias que destroem a Camada de Ozônio, CFCs e HCFCs
   Brasil organiza Seminário sobre Formulação para Espumas Rígidas de Poliuretano
   O papel do setor privado na implementação do Protocolo de Montreal no Brasil
   Protocolo de Montreal completa 30 anos em 2017
   Retrospectiva: as ações de implementação do Protocolo de Montreal no Brasil em 2016
   R290 vs. HFCs em ambientes quentes: quem se sobressai?
   “O Brasil é o modelo da América Latina para a implementação do Protocolo de Montreal”
   Governo Federal informa setor produtivo sobre nova Emenda ao Protocolo de Montreal
   MMA e PNUD apresentam Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs em Feira internacional em São Paulo
   MMA e PNUD terão espaço em feira internacional para discussão sobre as ações de eliminação dos HCFCs
   Brasil terá até 2045 para cumprir com a meta de redução dos HFCs, de acordo com decisão das Partes do Protocolo de Montreal em reunião em Ruanda.
   Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, sobre a emenda ao Protocolo de Montreal para combater o aquecimento do planeta
   Entrevista com Ana Paula Leal, gerente de projetos da Unidade de Implementação e Monitoramento do Protocolo de Montreal no Brasil
   Semana tecnológica do SENAI capacita técnicos sobre boas práticas no setor de refrigeração para preservação da camada de ozônio
   Reunião do Grupo de Trabalho GT-HCFCs no Brasil debate sobre a emenda ao Protocolo de Montreal para o controle dos HFCs
   MMA e PNUD lançam cartilha informativa sobre Programa Brasileiro de Eliminação dos HCFCs
   Mensagem do Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-moon, para o Dia Internacional para a Preservação da Camada de Ozônio


Página 1 de 6

1
2
3
4
5
6

Parceiros


Multimídia Multimídia Multimídia Multimídia Multimídia
© 2011 Protocolo de Montreal - Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por:
Desenvolvido por Interagi Tecnologia